Comente




Minha Parte

 

 

Você é parte minha! Minha acústica

Minha parte silenciosa no teu ser.

Curva curta e brusca, um pouco rústica.

Enquanto te rebusco ao bel prazer..

 

Você é parte minha sem fronteira.

Uma parte abstrata do teu retrato.

Reta confusa! Parte lúcida sem eira.

Amplexo mudo  de um pequeno trato.

 

Você é parte minha  assim

Parte luso que me foge ao mar.

Reflexo do seu interior fora de mim

Fuso desfocado levado pelo teu olhar

 

Você é parte única e minha

A  parte calada de uma voz bem distante.

Vida contida pelo espaço da linha.

Senhor destes versos, o que faço neste instante.

 

Você é parte minha metade de amor.

Parte de saudade com beijos imaginários.

Lábios doces e belos  sufocados pela dor.

A parte toda que me toca ao contrário.

 

Soraia Santiago



cciganita *22h47




.:Retornar:.


- 16/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 15/09/2012



 

 

 

Nessas minhas idas e vindas me resumo.

Escuto uma melodia inacabada sem pensar.

Como um pavilhão de luzes eu me aprumo.

Espelho refletindo os  mares.  Sinto-te a vagar.

 

Eu vim! Vim mar adentro, chovendo e sem rumo.

O sol cinzento transformou a dor em pó sem te achar.

Eu procuro a cura do desespero sem prumo

Criei um atalho nesses versos e levei-os para o ar.

 

O ar que te rodeia me incendeia! Isso são questões.

Desnudo ao vento o meu pensamento incerto

Grito triste que resiste a várias provações

 

Histórias sem abrigo. Meu riso está por perto.

A esmo vou embora agora. É hora de soluções.

Páginas de um livro sem abrigo e semi-aberto..

 

 

Soraia Santiago



cciganita *23h50




.:Retornar:.


- 16/10/2012 a 31/10/2012
- 01/09/2012 a 15/09/2012